Arquivo - Categoria: Sem categoria

Ciclovia da Marginal Pinheiros ser√° reaberta logo? Longe disso

N√£o tem sido f√°cil para n√≥s, ciclistas, pedalar por aqui em S√£o Paulo. O epis√≥dio mais recente de completa tristeza foi o bloqueio, pela Pol√≠cia Militar, de mais de 3.000 pessoas que faziam, no domingo (10), a Tradicional Descida a Santos. A pol√≠cia cumpria ordens de uma decis√£o da Vara de S√£o Bernardo do Campo,(…)

Presentes de Natal para quem ama bike, feitos por marcas brasileiras de ciclistas incríveis

Pois √©, Natal chegando, e nem este blog Ciclocosmo escapa das listas de presentes… Mas, levando em conta que √© dif√≠cil agradar a ciclistas e que h√° v√°rias marcas locais fazendo produtos incr√≠veis, o post de hoje celebra n√£o apenas as festas de fim de ano como a ousadia e a coragem desse grupo de(…)

An√ļncios sexistas (ainda) s√£o uma triste tradi√ß√£o no mundo das bikes

Se voc√™ acompanha um tiquinho que seja o mundo cicl√≠stico, deve ter visto, nesta semana, a enorme pol√™mica gerada¬†por um an√ļncio nas redes sociais da tradicional√≠ssima marca italiana de bikes Pinarello. De forma infeliz — para dizer o m√≠nimo –,¬†a tal pe√ßa publicit√°ria¬†de um novo modelo de bike el√©trica mostrava a foto de uma doce(…)

Bikes compartilhadas ‘sem esta√ß√£o’: solu√ß√£o genial ou uma baita dor de cabe√ßa?

Pedalando recentemente em Taiwan, pude enfim conhecer de perto as tais bikes compartilhadas “dockless”, isto √©, que n√£o precisam ser pegas e deixadas em esta√ß√Ķes fixas — ap√≥s se cadastrar, o usu√°rio chega a seu destino e pode¬†devolver a bicicleta onde quiser. Em Taipei, capital taiwanesa, a oBike vem replicando o estrondoso sucesso que as(…)

Oba! As FixOlimpíadas enfim chegam ao Nordeste!

Poucas ‘comunidades’ da bike no Brasil s√£o t√£o festeiras e surpreendentes quanto a dos fixeiros — os adeptos das bikes fixas (de uma marcha s√≥, com pinh√£o ‚Äúfixo‚ÄĚ e quase sempre sem freios). A cultura fixed gear cresceu bastante por aqui nos √ļltimos anos e¬†atualmente saiu dos grandes centros para se espalhar por¬† todos os(…)

O mundo da bike conclama: ‘Pedale como uma garota!’

O movimento come√ßou uns poucos anos atr√°s e se espalhou pelas redes sociais com uma hashtag poderosa: #cyclelikeagirl. Pedale como uma garota. Em outras palavras, reconhe√ßa a for√ßa feminina que vem de bicicleta para ocupar seu espa√ßo nas ruas, trilhas e estradas — esteja voc√™ de acordo ou n√£o. Chegamos para ficar, pedalando em um(…)